domingo, 31 de janeiro de 2016

Cristianismo nos séculos I e II







SÉCULO I

A História da Igreja contida no livro de Atos dos Apóstolos:

“Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntavam-lhe, dizendo: Senhor, é nesse tempo que restauras o reino a Israel? Respondeu-lhes: A vós não vos compete saber os tempos ou as épocas, que o Pai reservou à sua própria autoridade. Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra. Tendo ele dito estas coisas, foi levado para cima, enquanto eles olhavam, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.” Atos 1.6-9

Resumo Geral do livro de Atos:
Atos 2.1 – 8.3: Pregação em Jerusalém;
Atos 8.4 – 9.43: Pregação em Samaria e na Judéia;
Atos 10.1 – 12.25: Pregação aos Gentios: Início do cumprimento do ordenança “Até os confins da Terra.”
Cumprimento de Atos 1.8: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.”
Resumo dos Principais Fatos Relatados em Atos:
Ascensão de Cristo;
Pentecostes;
Conversão de 3 mil em Jerusalém;
Curas em Jerusalém;
Primeiras perseguições: Pedro e João são presos;
Martírio de Estevão;
Felipe em Samaria;
A conversão de Paulo;
Cornélio e a visão de Pedro: pregação aos gentios;
1ª Viajem missionária de Paulo;
Outras diversas perseguições;
2ª Viajem missionária de Paulo;
3ª Viajem missionária de Paulo;
Prisão de Paulo e viajem à Roma.

História da Igreja após as narrativas do livro de Atos dos Apóstolos.

A IGREJA NO IMPÉRIO
Segundo Curtis:
“Talvés o cristianismo não se expandisse de maneira tão bem sucedida caso o Império Romano não tivesse existido. Podemos dizer que o Império Romano era um tambor de gasolina à espera da faísca da fé cristã.”
Algumas das Características do Império Romano que contribuíram para a difusão da fé cristã:
Certa abertura religiosa inicial, gerada pelo grande politeísmo;
Busca da população romana pelas crenças orientais em alta naquele momento;
Um gigantesco império reforçado pelo comércio e envio de tropas às colônias;
Grande difusão do latim e do grego como que linguagens universais naquele período.

64 – O INCÊNDIO DE ROMA
Os romanos demoraram três décadas para compreender que os cristianismo era diferente do judaísmo, que naqueles dias era uma religião legalizada;
O Historiador tácito antes do incêndio já relata conversas em cortiços sobre um certo “Chrestos”, certamente Cristo;
Em 19 de julho de 64 inicia-se o incêndio em Roma. Dentre os 14 quarteirões que tinham cortiços populares 10 foram queimados em um incêndio que perdurou por 7 dias;
Cristãos foram o bode expiatório encontrado por Nero, que jurou persegui-los até a morte de todos.
Segundo Kenneth:
“Quando o cristianismo desafiou o politeísmo tão profundamente arraigado de Roma, o Império contra-atacou.”
Ocorre então um primeira onda de perseguições de 64 até 68, quando Nero morre após assassinar a própria mãe.
Tácito, um escritor daquela época diz em um de seus relatos:
“Alguns foram vestidos com peles de animais ferozes e perseguidos pelos cães até serem mortos, outros foram cru¬cificados; outros envolvidos em panos alcatroados, e de¬pois incendiados ao por do sol, para que pudessem servir de luzes para iluminar a cidade durante a noite. Nero ce¬dia os seus próprios jardins para essas execuções e apresen¬tava, ao mesmo tempo, alguns jogos de circo, presenciando toda a cena vestido de carreiro, indo às vezes a pé no meio da multidão, outras vendo o espetáculo do seu carro.”

70 – TITO DESTRÓI JERUSALÉM
Segundo Curtis:
“Em um de seus primeiros atos impe¬riais, Vespasiano nomeou seu filho, Tito, para conduzir a guerra contra os judeus.
A situação se voltou contra Jeru¬salém, agora cercada e isolada do res¬tante do país. Facções internas da cidade se desentendiam com relação às estratégias de defesa. Conforme o cerco se prolongava, as pessoas mor¬riam de fome e de doen<;as. A esposa do sumo sacerdote, outrora cercada de luxo, revirava as lixeiras da cidade em busca de alimento. Enquanto isso, os romanos empre¬gavam novas maquinas de guerra para arremessar pedras contra os muros da cidade. Arietes forçavam as muralhas das fortificações. Os defensores judeus lutavam durante todo o dia e tenta¬yam reconstruir as muralhas durante a noite. Por fim, os romanos irrom¬peram pelo muro exterior, depois pelo segundo muro, chegando final mente ao terceiro muro. Os judeus, no entanto, continuaram lutando, pois cor¬reram para o Templo - sua ultima linha de defesa. Esse foi o fim para os bravos guer¬reiros judeus - e tambem para o Templo. Josefo, historiador judeu, dis¬se que Tito queria preservar Tem¬plo, mas os soldados estavam tão ira¬dos com a resistencia dos oponentes que terminaram por queima-Io. A queda de Jerusalem, essenciaI¬mente, pôs fim a revolta. Os judeus foram dizimados ou capturados e vendidos como escravos. O grupo dos zelotes que havia tomado Massada permaneceu na fortaleza por três anos. Quando os romanos finalmente construíram a rampa para cercar e invadir local, encontraram todos os rebeldes mortos. Eles cometeram suicídio para que não fossem captu¬rados pelos invasores. A revolta dos judeus marcou o fim do Estado judeu, pelo menos ate os tempos modernos. - A destruição do Templo de Herodes significou mudança no culto judaico. Quando os babilônios des¬truíram o Templo de Salomão, em 586 a.c., os judeus estabeleceram as sinagogas, onde podiam estudar a Lei de Deus. A destruição do Templo de Herodes pôs fim ao sistema sacrifical judeu e os forçou a contar apenas com as sinagogas, que cresceram muito em importância.” MARTÍRIO DE TIAGO Segundo Anglin: “Hegésipo, um escritor do II século, faz algumas referências interessantes sobre o apóstolo Tiago, que acabou a sua carreira durante esse período, e fornece um detalhado relatório do seu martírio, que podemos inserir aqui. ‘Consta que o apóstolo tinha o nome de Oblias, que significava justiça e proteção, devido a sua grande piedade e dedicação pelo povo. Também se refere aos seus costu¬mes austeros, que sem duvida contribuíram para aumen¬tar a sua fama entre o povo. Ele não bebia bebidas alcoóli¬cas de qualidade alguma, nem tampouco comia carne.’” 97 – MARTÍRIO DE TIMÓTEO Pregação à Idólatras; Atacado à pedras e paus; Morte alguns dias depois; A Igreja do Século I: Segundo de Durant: “REUNIAM-SE em recintos privados ou pequenas capelas e organizavam-se segundo o modelo da sinagoga. A congregação recebia o nome de ekklesia - ¬palavra grega para significar as reuniões do governo municipal. Os escravos eram bem-vindos, como nos cultos de Isis e de Mitras; nenhuma tentativa se fazia para libertá-los, mas reconfortavam-nos com a promessa de um Reino em que seriam li¬vres. Entre os primeiros convertidos predominavam os proletários, com alguns ele¬mentos das classes medias e um ou outro da classe alta. Não obstante, longe esta¬vam de ser a "escória da sociedade" como disse Celso; em sua maioria viviam indus¬triosamente, financiavam as missões, levantavam fundos para as comunidades mais pobres. Pouco esforço se fazia para conquistar a gente dos campos; a população rural veio por ultimo, e dai o nome de pagani (aldeões, camponeses) que começou a ser aplicado aos habitantes dos Estados mediterrâneos anteriores aos cristãos. As congregações admitiam as mulheres, que eram encarregadas de pequenos pa¬peis; mas a Igreja exigia que elas envergonhassem os pagãos com 0 exemplo de suas vidas de modesta submissão e recolhimento.” SÉCULO II

MARTÍRIO DE INÁCIO
Bispo de Antioquia;
Discípulo de João e Pedro;

150 – JUSTINO MÁRTIR ESCREVE ‘APOLOGIA’
Era filósofo (Pitágoras, Aristóteles);
Ao encontrar-se com um velho cristão em uma praia, converte-se;
“Toda a verdade é verdade de Deus”, dizia em um de seus discursos no qual apresentava relações entre a filosofia e a fé.
Teve sua vida como que um paralelo coma vida de Paulo: Conversão, Grego, gentios, martírio em Roma;
Segundo Curtis:
“A vida de Justino apresenta mui¬tos paralelos com a vida de Paulo. O apóstolo era um judeu nascido em área gentia (Tarso); Justino era um gentio nascido em aráa judaica (a an¬tiga Siquém). Eles tinham boa for¬mação e usavam o dom da argumen¬tação para convencer judeus e gentios da verdade de Cristo. Os dois foram martirizados em Roma em razão de sua fé.
A maior obra de Justino, a Apologia foi endereçada ao imperador Antonino Pio (a palavra grega apologia refere-se à lógica na qual as crenças de uma pessoa são baseadas). En¬quanto Justino explicava e defendia sua fé, ele discutia com as autorida¬des romanas por que considerava er¬rado perseguir os cristaos. De acordo com seu pensamento, as autoridades deveriam unir forças com os cristãos na exposição da falsidade dos siste¬mas pagãos”
Foi decapitado em Roma em 165. “Vocês podem nos matar, mas não podem nos causar dano verdadeiro.”

156 – POLICARPO É MARTIRIZADO
Foi discípulo de João, o último elo com o primeiro apostolado;
Negava-se a PRESTAR CULTO AO GÊNIO DE CESAR;
Segundo Curtis:
“Então, Policarpo entrou em uma arena cheia de pessoas enfurecidas, o proconsul romano parecia respei¬tar a idade do bispo. Como Pilatos, queria evitar uma cena horrível, se fosse possível. Se Policarpo apenas oferecesse um sacrifício, todos pode¬riam ir para casa .
.- Respeito sua idade, velho ho¬mem - implorou o proconsul. ¬Jure pela felicidade de César. Mude de idéia. Diga "Fora com os ateus!".
O proconsul obviarnente queria que Policarpo salvasse a vida ao se¬parar-se daqueles "ateus", os cristãos. Ele, porém, simplesmente olhou para a multidão zombadora, levantou a mão na direção deles e disse:
- Fora com os ateus!
O proconsul tentou outra vez:
- Faça o juramento e eu o liber¬tarei. Amaldiçõe Cristo!
O bispo se manteve firme.
- Por 86 anos servi a Cristo, e ele nunca me fez qualquer mal. Como poderia blasfemar contra meu Rei, que me salvou?”
Antes de ser levado para ser queimado disse: “Seu fogo poderá queimar por uma hora, mas depois se extinguirá, mas o fogo do julgamento por vir é eterno.”
Algumas testemunhas afirmaram que o fogo não o queima, que estava como um pão no forno ou como ouro sendo refinado.

A LUTA CONTRA O GNOSTICISMO NA IGREJA
Segundo Anglin:
“O gnosticismo era um desses males, e foi talvez a primeira heresia que depois dos tempos dos apóstolos se de¬senvolveu mais. Era um amontoado de erros que tinham a sua origem na cabala dos judeus, uma ciência misteriosa dos rabinos, baseada na filosofia de Platão, e no misticis¬mo dos orientais. Um judeu chamado Cerinto, mestre de filosofia em Alexandria, introduziu parte do Evangelho nesta nessa heterogênea da ciência (falsamente assim chamada) e sob esta nova forma foram enganados muitos crentes verdadeiros, e se originou muita amargura e dis¬sensão,”
Gnosticismo é a crença de que existem uma série de conhecimentos secretos, que podem permitir que o homem salve a si mesmo;
Os Gnósticos daqueles dias usavam roupagem (aparência, terminologias) cristã;
Apóstolo João já combatia estas idéias na sua primeira epístola;
“Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo. Nisto conheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus.” I João 4.1-2

177 – IRINEU TORNA-SE BISBO DE LIÃO E COMBATE O GNOSTICISMO
Estudou por anos todas as formas de gnosticismos existentes;
Segundo Curtis:
“Quando o bispo de Lião final¬mente tomou conhecimento dessa heresia, escreveu a obra denominada Contra as heresias, um enorme tra¬balho no qual buscava revelar a tolice do "falso conhecimento". Va¬lendo-se tanto do Antigo Testamen¬to quanto do Novo, Ireneu mostrou que o Deus amoroso criou o mun¬do, que se corrompeu por causa do pecado humano. (...) Ireneu compreendia que o gnosticismo se valia do desejo humano de conhecer algo que os outros nao co¬nheciam. Com relação aos gnosticos, escreveu: "Tao logo um homem é convencido a aceitar a forma da sal¬vação deles [dos gnósticos], se torna tao orgulhoso com o conceito e a im¬portância de si mesmo, que passa a andar como se Fosse um pavao". Po¬rem, os cristãos deveriam humilde¬mente aceitar a graça de Deus, e não se envolver em exercícios intelectuais que levavam a vaidade.”
Foi degolado no alto de um monte por recusar-se a oferecer sacrifícios aos deuses romanos (202 d.C.);

fonte:http://hist-igreja.blogspot.com.br/p/cristianismo-nos-seculos-i-e-ii.html

autor: Professor Dionísio Hatzenberger

10 RAZÕES: para ler a bíblia

TEXTO BIBLICO: 2 Coríntios 4:1-18



Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos;
Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.















Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.
Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.
Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus.
Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo.
Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós.
Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;
Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;
E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também na nossa carne mortal.
De maneira que em nós opera a morte, mas em vós a vida.
E temos portanto o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos.
Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco.
Porque tudo isto é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus.
Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.
Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;
Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.

ESCATOLOGIA BIBLICA





Introdução

“ENTRETANTO, o Espírito Santo nos diz claramente que nos últimos tempos alguns na igreja se desviarão de Cristo e se tornarão seguidores de mestre com idéias de inspiração diabólica” ITm. 4.1. Alguns falsos ensinadores têm introduzido no meio do povo de Deus ensinos deturpantes sobre as coisas que ainda hão de acontecer. Ë de se lamentar que essas heresias têm desviado muitos cristão que por sua vez perdem o gosto pelo verdadeiro ensino, contido nas Sagradas Escrituras, concernente ao futuro.



O estudo da Escatologia requer muita atenção e cuidado para não entrar na classe dos falsos mestres que Paulo enfatizou que, nos últimos tempos surgiriam.

Não é difícil o estudo sobre Escatologia, desde que o estudante dedicado busque a orientação de Deus que por sua vez iluminará a mente do seu discípulo. Uma coisa é certa: o Espírito Santo é o único e verdadeiro intérprete que merece toda a nossa confiança, no que tange a todo o conteúdo plausível da Bíblia Sagrada, o Livro de Deus.



RECEITA: HAMBÚRGUER





454g
carne para hambúrguer bem magra
1/4 de colher de chá
cada,de:sal,pimenta,manjericão,tomilho,orégano


2 colheres de chá
molho inglês
30
cebolas pérola em conserva
1
gema de ovo
1/2 xícara de chá
água gelada
3/4 xícara de chá
farinha com fermento
1L
óleo
1/2 xícara de chá
farinha de trigo
2 1/2 xícara de chá
flocos de milho esmagados
21/2 xícara de chá
molho de churrasco




numa tigela combine a carne, os temperos e o molho inglês.

enrole 1 colher de sopa (15ml) da mistura de carne ao redor de cada cebola.

misture junto a gema, a água e a farinha com fermento numa tigela.

polvilhe os hambúrgueres de carne com farinha,mergulhe na massa de ovos e depois passe os flocos de milho. frite no óleo aos poucos, até dourar. mantenha aquecido no forno enquanto frita o resto.

coloque o molho de churrasco numa tigela pequena no meio de uma travessa. arrume os hamburguers de carne cozidos ao redor da travessa e sirva imediatamente


6 porções











verdades e mentiras sobre o hamburguer artesanal


Para fazer um hambúrguer saboroso, a primeira das técnicas que os profissionais usam é o blend de carnes, isto é, a mistura entre diferentes cortes de carne para que o hambúrguer tenha sabor único. No passado, as hamburguerias tradicionais preparavam o hambúrguer usando apenas patinho, coxão mole ou outro tipo de carne de preferência. Mas para seu hambúrguer ter personalidade e sabor inigualável é preciso escolher pelo menos dois cortes de carne para chegar a um resultado único. Essa mistura vai enriquecer o sabor, porque cada corte de carne tem diferentes quantidades de sangue (algumas são mais outras são menos irrigadas), textura de acordo com a parte do corpo do animal e consequentemente o sabor será diferente.


A gordura que será usada para compor seu blend, será um dos principais responsáveis pelo sabor final. Portanto, na receita para um hambúrguer perfeito os únicos ingredientes são carne e gordura.


A ideia de fazer o velho conhecido hambúrguer de picanha é besteira, quase nenhuma hamburgueria que diz ter hambúrguer de picanha no cardápio usa 100% de picanha em seu hambúrguer. Isso porque é economicamente inviável moer uma carne cara como esta para fazer hambúrguer. O preço da unidade ficaria altíssimo e o resultado não seria dos melhores, nem houve a mistura de carne. Na prática, os que ainda utilizam o artifíício do hambúrguer de picanha para atrair clientes ou mesmo aumentar o valor dos hambúrgueres, acabam misturando outras carnes mais baratas para poder ter algo financeiramente viável (olha o blend aí) ou usam apenas a gordura da picanha para dar o sabor. Então, não se iluda, fuja do hambúrguer de picanha ou lembre-se que sempre será um blend que leva picanha ou sua gordura na mistura.

fonte: http://guiadohamburguer.com/receita-para-um-hamburguer-perfeito-e-profissional-passo-a-passo-para-seu-hamburguer-caseiro-ficar-melhor-que-o-das-hamburguerias/#sthash.iKyRtshL.dpuf

EBD:O arrebatamento da Igreja







“[...], virei outra vez , e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.” Jo 14.3




O Arrebatamento é descrito principalmente em:
I Tessalonicenses 4:13-18 descreve o Arrebatamento como Deus ressuscitando todos os crentes que já morreram, dando a eles corpos glorificados. “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (I Tessalonicenses 4:16-17).



I Coríntios 15:50-54 focaliza na natureza instantânea do Arrebatamento e nos corpos glorificados que receberemos. “Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (I Coríntios 15:51-52).


O Arrebatamento é o acontecimento glorioso que devemos todos esperar ansiosamente. Finalmente ficaremos livres do pecado. Estaremos para sempre na presença de Deus. Há excessivo debate a respeito do significado e magnitude do Arrebatamento. Esta não é a intenção de Deus. Mas ao invés disso, no que diz respeito ao Arrebatamento, Deus quer que “encorajemos uns aos outros com estas palavras.”[1]

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Antes de começar a namorar - Sarah Sheeva

Mito ou verdade: manga com leite faz mal?



* Este post é um oferecimento de Tang Leite



Existem diversos mitos sobre coisas que fazem mal ou até mesmo matam. Quem é que nunca ouviu que não podemos deixar o chinelo com o lado para cima, comer as sementes da melância, abrir guarda-chuva dentro de casa e o clássico “manga com leite faz mal”.

Porque os pés cheiram mal?








Já certamente se questionaram porque cheiram mal os nossos pés, certo? Neste artigo vamos explicar a razão de existir mau cheiro nos pés.

Os nossos pés suportam todo o nosso peso e são sujeitos diariamente a diferentes pressões, quando caminhamos ou quando corremos. A pele espessa que os reveste necessita de estar constantemente com um certo grau de humidade, para manter a sua flexibilidade e impedir que a pele seque. Essa humidade é proporcionada através das muitas glândulas sudoríparas que estão espalhadas em cada pé, cerca de 250 mil em cada um!

Diariamente, estas glândulas produzem cerca de 250 mililitros de suor, o que equivale a meio litro de suor nos dois pés, todos os dias! O suor é constituído apenas por água e sal, ou seja, ingredientes que não produzem qualquer tipo de cheiro, muito menos mau cheiro!


Então donde vem o mau cheiro dos pés?

São as bactérias que vivem na pele dos nossos pés que provocam o mau cheiro dos mesmos, mais vulgarmente conhecido por chulé! As bactérias encontram nos nossos pés o local perfeito para se alimentar de suor e de restos de pele morta. A humidade e o escuro são um habitat muito propício para tudo isto acontecer e são os excrementos das bactérias que provocam o mau cheiro dos pés. Por isso, quanto mais estas comerem, mais excrementos vão expelir e, consequentemente, mais mau cheiro!


Como evitar o mau cheiro nos pés?

A melhor forma para evitar que os pés cheirem mal é manter uma higiene diária. Lavar os pés e mudar de peúgas todos os dias é uma das melhores formas para evitar que os pés cheirem mal. Sempre que possível, deixe os pés arejarem, evitando a proliferação de bactérias e o respectivo mau cheiro que estas produzem.


fonte:http://www.curiosidadesdomundo.com/porque-os-pes-cheiram-mal/

Tomar banho depois de comer faz mal?



Desde sempre que vivemos absorvidos com a ideia que tomar banho depois de comer faz mal, mas será que faz mesmo mal? A verdade é que quando estas ideias surgem não é pelo acaso, há que perceber as suas causas.

O verão está a chegar e com ele vêm os mergulhos, as actividades ao ar livre e o calor intenso, por isso também está a chegar a altura em que vamos voltar ouvir que não é aconselhável entrar na água fria depois das refeições. E isto porquê? Na verdade, porque durante o processo de digestão, a circulação sanguínea está concentrada no aparelho digestivo com o objectivo de absorver os nutrientes do bolo alimentar.

Se tomarmos um banho na praia ou piscina, durante a digestão, estamos a confundir o sistema digestivo, porque o sangue que deveria estar a ser utilizado para a digestão, está a cumprir outras funções, nomeadamente, o aquecimento do corpo e o movimento dos músculos. O mesmo acontece com o exercício físico após as refeições, ou seja, ao aumentar os batimentos cardíacos, devido ao esforço, está a impedir que o sangue se foque apenas numa função: na digestão.

Como é calculada a idade do cão?



Certamente já ouviu dizer que para calcular a idade de um cão basta multiplicar cada ano por sete, e esse número corresponde à idade do homem. A verdade é que nem tudo o que é dito e aceite na gíria corresponde à realidade dos factos.

Esta relação a que estamos habituados a ouvir não corresponde à realidade, já que a idade do cão varia com a raça e o porte do animal. Tal como cada ser humano tem o seu próprio tempo de envelhecimento, também os animais seguem a mesma tendência. O tipo de alimentação, as doenças e os cuidados em geral que os animais recebem dos seus donos, ajudam a retardar o envelhecimento, apesar de estes factores não serem determinantes.


Como é então feito o cálculo da idade do cão?

Tal como dissemos, o cálculo da idade de cada cão varia consoante o porte e a raça, ou seja, os cães de grande porte apresentam um envelhecimento mais rápido face aos de pequeno porte.

Outro ponto que deve ser levado em consideração para quantificar a idade real de um cão é o seguinte: o envelhecimento do cão é mais acentuado nos dois primeiros anos de vida, ou seja, para a maioria das raças o primeiro ano de vida corresponde a 15 anos relativamente à idade humana, enquanto que o segundo ano corresponde aos 24 anos da idade humana. Após o terceiro ano de vida do cão, o cálculo sofre uma pequena alteração e a partir daí cada um envelhece de acordo com o seu porte e raça.

Assim sendo, a média (a partir dos 3 anos) é a seguinte: para cães de pequeno porte podemos multiplicar a sua idade por 5 e para cães de porte médio multiplicamos a sua idade por 6 e multiplicamos a sua idade por 7 ou por 8 se forem cães de grande porte.




Conheça algumas curiosidades bem interessantes sobre os morcegos e ainda outras curiosidades sobre as perigosas piranhas.


A tabela explicativa da idade do cão / idade humana




Tabela comparativa da idade do cão com a idade humana










Esperança média de vida por raça
7-10 anos – Grande Danois, Newfoundland, King Charles Spaniel;
9-11 anos – São Bernardo, Bloodhound, Chow Chow, Boxer, Bulldog Francês;
10-13 anos – Airdale Terrier, Dalmatian, German Sheperd, Scottish Terrier;
12-15 anos – Beagle, Bichon, Frise, Collie, Doberman, Papillon, Pomeranian;
14-16 anos – Boston Terrier, Cairn Terrier, Cocker Spaniel, Chihuahua, Corgie, Golden Retriever, Irish Setter, Jack Russel Terrier, Maltese Terrier, Poodl, Schnauzer, Shih Tzo, West Highland White Terrier, Yorkshire Terrier;
15-18 anos – Dachshund, Poodle, Chihuahua;




Estes dados são apenas indicativos, uma vez que depende do dono procurar dar uma tranquila e relaxada velhice ao seu cão e contribuir para que a sua vida seja a mais duradoura e feliz quanto possível.


Sinais de velhice dos cães

Tal como os humanos, também os cães não envelhecem do mesmo modo. Existem cães com alguma idade que ainda correm e saltam, não apresentando qualquer sinal de velhice. A verdade é que a esperança média de vida do cão também tem vindo a aumentar, não só devido aos cuidados generalizados dos donos, mas também devido à diversificada oferta na alimentação, o que contribui para que as necessidades do cão sejam supridas em cada fase da vida.
Até 7 Kg – primeiros sinais de velhice entre os 9 e os 11 anos
De 8 a 25 Kg – primeiros sinais de velhice entre os 7 e os 9 anos
De 25 a 40 Kg – primeiros sinais de velhice entre os 6 e os 8 anos
Mais de 40 Kg – primeiros sinais de velhice entre os 4 e os 6 anos

fonte:http://www.curiosidadesdomundo.com/como-e-calculada-idade-cao/

Porque associamos o SOS ao perigo?



O código SOS de Socorro é mundialmente conhecido e tem como finalidade pedir ajudar em qualquer língua.

As siglas SOS estão ligadas ao perigo, ao pedido de ajuda e à necessidade de prestar atenção para um acontecimento fora do comum, mas a verdade é que esta sigla, nasceu do Código Morse. Ou seja, trata-se de um acordo do antigo sistema de telégrafo criado por Samuel Morse, em 1835, que combinava pontos e travessões usados na emissão e receção de mensagens.

As letras “S”, no Código Morse, consistam em três pontos, e a letra “O”, consista em três espaços, ou seja, visualmente obteríamos qualquer coisa assim: • • • – – – • • •. Desta forma, a adoção do termo SOS, surgiu para ajudar as pessoas a memorizarem a posição dos pontos e dos espaços.


Curiosidades que também vai gostar de ler…

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

o tabernáculo hoje: sou eu






No Antigo testamento podemos contemplar a grandeza de um tabernáculo construído, para que Deus pudesse habitar no meio do povo.

Hoje ele ainda existe, onde Deus quer manifestar sua glória e fazer permanecer Sua presença, seja nos desertos, aflições ou tribulações. Um templo não mais físico, onde só alguns podiam entrar, mais um templo que anda, fala, estuda, ora e se desenvolve.

POR QUE?QUEROSABER!!: CONFIE EM DEUS BOA NOITE!

POR QUE?QUEROSABER!!: CONFIE EM DEUS BOA NOITE!

O que significa jugo desigual?



Muitas pessoas têm dúvidas a respeito do real significado da expressão “jugo desigual”, traduzida do grego para o português dessa forma no texto de 2 Coríntios 6.14: “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos…”

Começaremos nossa análise avaliando sobre o que o apóstolo Paulo está falando nesse texto. Fica bastante claro observando o contexto, que a fala de Paulo é sobre “sociedade”, “comunhão”, “harmonia”, “união” e “ligação” entre servos de Deus e pessoas incrédulas (v.v. 14-18). Todas essas palavras reforçam o pensamento de que o crente deve avaliar com muito cuidado seus laços de relacionamentos e negócios com incrédulos.



Dito isto, vamos avaliar a expressão grega “heterozugeo”, traduzida para o português como “jugo desigual”. No grego a expressão aponta para alguém que tem um relacionamento desigual ou que tem comunhão com alguém que não é semelhante. (Léxico de Strong). No português a palavra “jugo” aponta para uma “canga ou junta de bois” (Dicionário Priberam), que era um objeto que unia dois bois para que andassem no mesmo compasso, enquanto puxavam o carro de boi (veja imagem acima). Uma figura bastante clara de “algo” que une duas ou mais pessoas em torno de um objetivo em comum. Se o jugo estava desigual, os bois não conseguiam atingir o objetivo de fazer o carro de boi andar corretamente, além de sofrerem muito.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

JANELA NÃO É PORTA! NÃO SE ENGANE!!!!!!








A queda, morte e ressureição de Êutico nos traz grandes lições. Confira na íntegra uma de nossas pregações da Rede de Jovens.



Texto bíblico: Atos 20.7-12

7 No primeiro dia da semana reunimo-nos para partir o pão, e Paulo falou ao povo. Pretendendo partir no dia seguinte, continuou falando até a meia-noite.
8 Havia muitas candeias no piso superior onde estávamos reunidos.
9 Um jovem chamado Êutico, que estava sentado numa janela, adormeceu profundamente durante o longo discurso de Paulo. Vencido pelo sono, caiu do terceiro andar. Quando o levantaram, estava morto.
10 Paulo desceu, inclinou-se sobre o rapaz e o abraçou, dizendo: “Não fiquem alarmados! Ele está vivo!”
11 Então subiu novamente, partiu o pão e comeu. Depois, continuou a falar até o amanhecer e foi embora.
12 Levaram vivo o jovem, o que muito os consolou.

O leilão da alma





"Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma delas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou? E, se porventura achá-la, em verdade vos digo que maior prazer tem por aquela do que pelas noventa e nove que se não desgarraram."
Mateus 18:12,13


REFLEXÃO: O Leilão da Alma


Certo dia Deus permitiu que uma famosa cantora e artista soubesse que, em uma cidade da Inglaterra, estava pregando um renomado evangelista. E ela desejou ouví-lo.

O cristão pode ficar possuído por demônios?




Você Pergunta: Ontem fiquei muito confusa na igreja. Vi uma pessoa que eu conhecia e que considero como sendo cristã ficando possessa por um espírito maligno. Por que isso acontece? É por causa de algum pecado na vida dela? Já ouvi pregações de que o cristão não fica possuído por demônios. Como explicar isso biblicamente? Estou muito confusa!

Cara leitora, esse assunto causa mesmo muita confusão no meio cristão. Mas não há motivo para se desesperar. Isso porque considero que a Bíblia nos dá respostas bastante claras sobre essa questão.



Em primeiro lugar você está certa em dizer que o cristão não fica possesso por espíritos malignos. A Bíblia é clara e diz que “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.” (1 João 5.18). Observe que existe uma limitação do maligno em relação ao que “nasceu de Deus”. Isso significa que Deus limitou o poder de ação do maligno em Seus filhos.

O que significa possessão demoníaca e opressão demoníaca?



A Bíblia Sagrada não esconde de nós que estamos em uma guerra contra o Maligno e que ele age nesse mundo (1 João 5.19; Efésios 6.12). O ministério de Jesus Cristo teve vários entraves com o maligno. Os evangelhos registram que Jesus expulsou diversos demônios de pessoas, libertando-as da ação do Maligno (Mateus 8.16).

Porém, ainda existe muita confusão a respeito desse tema. Alguns preferem ignorá-lo e fingir que ele não existe. Já outros focam demais suas atenções em espíritos malignos, fazendo deles o centro de suas vidas. Os dois extremos são perigosos.



Uma das grandes dificuldades de entendimento de muitos crentes é diferenciar a forma como o maligno age. Mais uma vez alguns menosprezam que o maligno tenha poder de agir na vida das pessoas, enquanto outros atribuem tudo a ação do maligno. Dois extremos perigosos também. Por isso, gostaria de esclarecer os termos possessão e opressão, que irão nos ajudar a entender melhor a forma de ação do diabo e seus anjos maus.






Em primeiro lugar vamos explicar o que significa possessão demoníaca. Isso ocorre quando o maligno possui o corpo da pessoa, ou seja, a pessoa passa a ter dentro de si outro ser que acaba influenciando-a a ter determinadas atitudes. Em Lucas 4.33-37 vemos um exemplo claro disso. Um homem, em plena sinagoga dos judeus, em um momento onde Jesus estava ensinando a Palavra, se manifestou com um espírito imundo. Imediatamente Jesus expulsou aquele demônio: “Achava-se na sinagoga um homem possesso de um espírito de demônio imundo, e bradou em alta voz…”.

Qual você quer? Escolha e clique:
Teologia sem mensalidades - Kit para pregadores - Memorização da Bíblia - Ver Outros


A Bíblia nos relata que nas possessões as pessoas podem ter problemas físicos, como por exemplo, o homem possesso que tinha um espírito mudo e, por isso, era mudo:“Ao retirarem-se eles, foi-lhe trazido um mudo endemoninhado. E, expelido o demônio, falou o mudo…” (Mt 9:32-33).

A Bíblia também menciona que pode haver uma força sobre-humana envolvida na possessão: “ Entrementes, chegaram à outra margem do mar, à terra dos gerasenos. Ao desembarcar, logo veio dos sepulcros, ao seu encontro, um homem possesso de espírito imundo, o qual vivia nos sepulcros, e nem mesmo com cadeias alguém podia prendê-lo; porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram quebradas por ele, e os grilhões, despedaçados. E ninguém podia subjugá-lo. (Mc 5:1-4)

Assim, a possessão é uma das mais graves ações do maligno na vida de uma pessoa. A possessão só pode acontecer em uma pessoa que não crê verdadeiramente em Jesus Cristo. Ou seja, somente incrédulos, ímpios podem sofrer de possessão. Principalmente aqueles envolvidos com graves pecados.

Em hipótese alguma um crente verdadeiro ficará possesso.

Já a opressão demoníaca significa que o diabo age em seu papel de tentador, buscando tentar a pessoa para que peque e permaneça em uma vida de pecado, longe de Deus. O apóstolo Pedro explicou bem essa questão, quando disse: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1Pe 5:8).

O próprio apóstolo Pedro passou por isso quando foi tentado pelo diabo a sugerir a Jesus que não seria necessário que Ele passasse pela morte de Cruz. Cristo logo identificou que se tratava de Satanás tentando-o através de Pedro (Mateus 16.22-23).

Todos os crentes verdadeiros estão sujeitos a esse tipo de opressão maligna. Já que o diabo não pode possuir um crente genuíno, pois este é propriedade exclusiva de Deus, ele age de fora para dentro buscando atingir esse crente de alguma forma através das tentações e outros métodos externos.

fonte:https://www.esbocandoideias.com/2013/10/o-que-significa-possessao-demoniaca-e-opressao-demoniaca.html

autor:
Presbítero André Sanchez

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

EBD DIA 24/01/2016:Esteja alerta e vigilante, Jesus voltará!


SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2016




“Porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do Homem no seu dia” Lc 17.24



A nação brasileira nunca esteve mergulhada num vale de corrupção como se encontra hoje. As manchetes são vastas. A corrupção está entranhada nas esferas pública e privada. E as notícias do aumento da violência?! E o confronto entre as pessoas, o desejo de fazer “justiçamento” com as próprias mãos?! De um lado, um poder público acuado, atordoado; do outro, menores e adultos, agentes do crime galgando os “louros” para suas próprias vantagens. A sensação é de total insegurança: a polícia prende, mas a justiça solta.

Coisas que Deus aborrece e abomina - Provérbios 6







Provérbios 6:16-19 diz: "Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos."

O Purgatório - este conceito é bíblico?








A sua existência foi teorizada no pontificado do Papa Gregório I, em 593, com base no livro de 2º Macabeus 12.42-46 (livro Apócrifo e que consta na versão católica da Bíblia). Em 1439, no Concílio de Florença, a doutrina foi aprovada e confirmada depois, em 1563 no Concílio de Trento.


A Palavra de Deus em sua totalidade nos apresenta apenas dois destinos eternos, são eles: Céu e Inferno. E encontram-se na dimensão espiritual. O Céu é destinados àqueles que perseveraram nas doutrinas determinadas por Deus e o Inferno aos desobedientes às verdades bíblicas.

Perdeu tudo e continuou próspero! Como assim?!



Ele era bom e honesto, temia a Deus e procurava não fazer nada que fosse errado. Ele era um exemplo de caráter, de valores e de prosperidade em todos os sentidos da vida. Um exemplo de homem em seus dias.

Se vivesse em nossos dias, talvez fosse apontado por diversas pessoas como um modelo do “bem sucedido homem de Deus”. Modelo de vitória e de unção. Talvez fosse até convidado para aparecer em algum comercial de TV de alguma igreja, dizendo “Eu sou a igreja X”.


Arqueologia Bíblica - As descobertas










Arqueologia (do grego, « archaios », antigo, e « logos », discurso depois estudo, ciência) é a disciplina científica que estuda as culturas e os modos de vida do passado a partir da análise de vestígios materiais. É uma ciência social, isto é, que estuda as sociedades, podendo ser tanto as que ainda existem, quanto as já extintas, através de seus restos materiais, sejam estes móveis (como por exemplo um objeto de arte) ou objetos imóveis (como é o caso das estruturas arquitetônicas). Incluem-se também no seu campo de estudos as intervenções feitas pelo homem no meio ambiente.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Decepções, como vencer?









João 11.32 “Tendo, pois, Maria chegado onde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe : Senhor, se tu estivesse aqui, meu irmão não teria morrido.” Quem nunca teve uma decepção? Acredito que você, que está lendo este Bate Papo do Céu lembrou de algumas decepções, com os melhores amigos, parentes, irmãos em Cristo e com outras pessoas. Mas o que é decepção? Decepção é desilusão, engano. Quando você é enganado ou desiludido por qualquer situação que você não esperava, o desespero a tristeza bate no seu coração. A pergunta que vem em primeiro lugar em nossa mente é:

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Como colacar blush, iluminador, afinar o nariz e papada por Alice Salazar



Maquiagem com iluminador

Por Redação
Maquiagem com iluminador

Um dos truques de maquiagem mais utilizado pelos maquiadores em todo o mundo é o usar o iluminador. Como o IMulher
sempre enfatizou em suas matérias, quando se trata de maquiagem, usamos
tons escuros para disfarçar imperfeições e claros para chamar atenção
para as partes que queremos.

Kit de maquiagem: produtos essenciais para as iniciantes


Kit de maquiagem: produtos essenciais para as iniciantes
Em meio a tantos tutoriais e dicas de maquiagem disponíveis da internet fica difícil escolher os produtos principais para montar o primeiro kit.
Veja também:
Cor da amquiagem para cada tom de pele
B
oca sexy: como fazer
B
atom pink para o verão 2014

O investimento geralmente é alto e não é possível comprar tudo de uma vez. Primeiro porque, antes de sair levando tudo o que estiver disponível na loja de cosméstico, é preciso saber quais produtos são bons para cada tipo de pele.
Uma base que tem efeito e fixação perfeitos em uma pele mista pode acabar com a produção e com a saúde do rosto de usadas em uma pele oleosa.
Portanto, para o primeiro kit de maquiagem é preciso prezar por produtos básicos e essenciais. Com tempo e experiência, é possível descobrir as composições adequadas para o tipo de pele e os produtos acessórios para produções mais elaboradas.

Desafio: Marido Maquiando (Por Camila Coelho)

Segredos de Beleza - Camila Coelho & Helena Lunardelli



Para Normais: Laurentino Gomes

Para Normais: Laurentino Gomes: Lendo essa trilogia dá pra entender porque chegamos onde estamos agora!!! Só Deus pra mudar nossa situação!!!!!!!!!! Se vc Que...

 

Para Normais: Laurentino Gomes

Para Normais: Laurentino Gomes: Lendo essa trilogia dá pra entender porque chegamos onde estamos agora!!! Só Deus pra mudar nossa situação!!!!!!!!!! Se vc Que...

Para Normais: Removendo a Maquiagem (os cuidados)! Por Camila Co...

Para Normais: Removendo a Maquiagem (os cuidados)! Por Camila Co...: Olá Pessoas!!!! Maquiagem!!!! Quem não gosta, né? ". Mesmo aquelas pessoas que só usam um batonzinho ou um lápis de olhos... não impo...

ÓTIMA SEMANA E UM BOA DIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

PORQUE?QUEROSABER!!: Até quando esperar? Eu Escolhi Esperar Responde 06...

PORQUE?QUEROSABER!!: Até quando esperar? Eu Escolhi Esperar Responde 06...

Até quando esperar? Eu Escolhi Esperar Responde 065




5 maneiras de você ser muito usado por Deus em sua igreja e no mundo

Apesar de infelizmente nossas igrejas estarem cheias de pessoas que têm como objetivo máximo de sua vida cristã esquentar o banco da igreja até morrer, é certo que não são todos que têm esse comportamento. Temos muitas pessoas dispostas, que amam a Deus e a Sua obra e que desejam ardentemente colaborar na realização desse grande trabalho que Deus colocou nas mãos de Seus servos. Apesar dessa boa vontade, muitas dessas pessoas ficam perdidas sem saber como servir a Deus em suas igrejas e no mundo. Pensando nessas pessoas elaborei essa lista com cinco formas de você ser usado por Deus na obra.
VOCÊ SERÁ MUITO USADO POR DEUS NA IGREJA E NO MUNDO…


Pastor Jairo Vianna pregando no Congresso UMADA 2014

Será que Deus não responde minhas orações?



Você Pergunta: Confesso que estou cansada! Tenho buscado muito a Deus lendo a Palavra, jejuando, orando, mas Deus parece permanecer em silêncio e não se manifesta quando peço algo ou pergunto alguma coisa. O que devo fazer para não cair no desânimo e perder a minha fé em Deus? Por que Deus não responde minhas orações?

Cara leitora, creio que seja muito importante que você coloque os pés no chão nesse momento e reflita comigo em algumas verdades da Palavra de Deus para que seu coração não desista de crer no nosso Deus. Você precisa compreender esse possível “silêncio de Deus” à luz do que a Bíblia Sagrada nos ensina.








(1) Você está correta em buscar em Deus as respostas que deseja. Vejo que você tem orado, jejuado e buscado a compreensão na Palavra de Deus. Em tudo isto está agindo corretamente. O grande problema está em sua ansiedade. Creio que a resposta que você deseja seja muito importante para você, porém, você precisa compreender que o tempo de Deus não é igual ao nosso. O salmista em um momento de crise declara a Deus: “Deus meu, clamo de dia, e não me respondes; também de noite, porém não tenho sossego.” (Salmos 22. 2). Aparentemente o salmista passava pela mesma busca que você e também se sentia ansioso por uma resposta de Deus que resolvesse a sua demanda.

Qual você quer? Escolha e clique:
Teologia sem mensalidades - Kit para pregadores - Memorização da Bíblia - Ver Outros


Porém, ele não se deixou levar por esse desânimo inicial e nem pela pressa, pois sabia quem era o Deus que o acompanhava: “Contudo, tu és santo, entronizado entre os louvores de Israel. Nossos pais confiaram em ti; confiaram, e os livraste. A ti clamaram e se livraram; confiaram em ti e não foram confundidos.” (Salmos 22.3-5). O salmista relembra quem é Deus e os Seus feitos na história para fortalecer sua fé e confiança. Devemos sempre relembrar que o nosso Deus é um Deus que agiu no passado, que age no presente e que agirá no futuro em favor de Seus servos. Ele responde nossas orações!

(2) Uma segunda atitude importante é confiar em Deus mesmo que as circunstâncias estejam desfavoráveis. O salmista recebe de Deus uma palavra importante a fim de que sua ansiedade fosse minimizada: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra.” (Salmos 46. 10). É importante que aprendamos a aquietar o nosso coração enquanto Deus faz a obra em nossa vida.

(3) Uma coisa que sempre aprendi desde pequeno, baseada em diversos exemplos bíblicos, é que Deus pode nos dar três respostas aos nossos pedidos: Sim, que a resposta que todos nós sempre buscamos; não; e espere. Muitas vezes o silêncio de Deus é interpretado como uma falta de resposta, quando na realidade pode significar um não ou um espere. Precisamos construir uma sensibilidade para captar isso. E essa sensibilidade é edificada através da fé plena na soberania de Deus sobre nossas vidas. Se cremos que Deus é soberano cremos que Ele está nos conduzindo ao melhor caminho. O salmista declara isso de forma apaixonada: “Pois em ti, SENHOR, espero; tu me atenderás, Senhor, Deus meu.” (Salmos 38.15). Esperança e confiança são as chaves para acalmar o nosso coração enquanto esperamos a ação de Deus e a compreensão da resposta Dele aos nossos pedidos.



fonte: https://www.esbocandoideias.com/2015/02/o-que-devo-fazer-quando-deus-nao-responde-minhas-oracoes.html
autor:

domingo, 17 de janeiro de 2016

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

A Série: “ASSIM NASCEU”, traz um documento histórico-religioso resumido das instituições que se instalaram ou surgiram no Brasil.

MINHAS CRÔNICAS - FERIADO PASCOAL MARAVIVILHOSO

MINHAS CRÔNICAS - FERIADO PASCOAL MARAVIVILHOSO Postado por Tatiana Trindade às 04:29 blog https://tatytrindades2.blogspot.com.br/20...